Mãe é presa após filha de 12 anos ser tatuada

Mãe é presa após filha de 12 anos ser tatuada

A americana Emma Nolan, de 35 anos, foi presa no final do mês de agosto, na cidade de Newnan, estado da Geórgia, após sua filha de 12 anos ter sido tatuada. A tatuadora, Brenda Gaddy, também foi detida.

A tatuagem, que tem uma cruz e os dizeres “Jesus Loves” foi percebida por professores da menina, que acionaram as autoridades. Segundo depoimentos, o desenho foi feito durante uma festa em que muitas pessoas acompanhavam o Super Bowl, jogo final e mais importante da principal liga de futebol americano do país. Gaddy confessou ter tatuado outros menores no mesmo evento.

Aos investigadores, a mãe da menina disse que não tinha conhecimento da tatuagem. A jovem, por sua vez, disse que teve o consentimento do pai. Mas, por fim, a tatuadora revelou que a mãe teria autorizado que a menina recebesse o desenho.

A nova lei prevê multa de sete salários mínimos para quem tatuar crianças

A legislação no Brasil

Está em tramitação na Câmara de Deputados, em Brasília, o Projeto de Lei 3.375/2012, que pretende proibir tatuagem em crianças. Atualmente, em criança ou adolescente, a tatuagem é permitida caso os pais ou responsáveis autorizem o procedimento.

A nova lei prevê multa de sete salários mínimos para quem tatuar crianças e, em caso de repetição, o estabelecimento poderá ser fechado definitivamente. A multa também será válida em casos de adolescentes que não tiverem autorização dos responsáveis.

Em julho, o texto foi aprovado na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara. Agora, a medida aguarda parecer da Comissão de Constituição e Justiça e, se for aprovada, deverá ser votada no Plenário da Câmara antes de ser encaminhada ao Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *